O VW Voyage ‘G2’ foi criado, mas foi ‘morto’ pelos argentinos e espanhóis

A Voyage teve uma audiência cativa desde a sua introdução em 1981. Originalmente da Gol, lançada um ano antes, o sedan passou por duas mudanças até 1996, quando não cessou a produção.

O sedan não possuía uma segunda geração e não será produzido até 2008, quando a VW lançou um modelo derivado do Gol conhecido como “G5”. Poucos, no entanto, sabem que a “bola” da Voyage não existia por causa da Argentina e principalmente do espanhol.

Os “argentinos” são o Polo Classic, um modelo vendido aqui de 1996 a 2002. Quem conhece um pouco da história da VW sabe que o sedan preencheu a lacuna que ocuparia a Voyage, mas nunca teve o sucesso de seu antecessor.

Além disso, a ausência de “Gol sedada” abriu o caminho para a Fiat Sienna eles assumiram a liderança em um segmento que teria crescido significativamente desde os anos 2000.

Necessário para o login do usuário Carros carrosA assessoria de imprensa da Volkswagen do Brasil disse que estava “no momento da decisão de importar o Polo Classic da Argentina”.

VW Polo Classic - Divulgação - Divulgação

O Polo Classic foi fabricado na Argentina e não repetiu o sucesso da Voyage no Brasil

Imagem: Detecção

Mais importante, a decisão de “matar” a viagem veio dos espanhóis: José Ignácio López foi vice-presidente e presidente da Volkswagen do Brasil. Piëcha, o então presidente da empresa.

Dois projetos

Luiz Alberto Veiga, ex-designer da VW - Press release - Press release

Luiz Veiga era o chefe da VW e marcou a ‘bola’

Imagem: Detecção

Depois de convencido da importância da venda da Voyage no mercado brasileiro, López autorizou Wolfgang Winkler, então chefe de design da VW Brasil, a desenvolver a proposta de modelo.

Tudo teria sido feito sem o consentimento da pessoa responsável pelo projeto do então fabricante de automóveis, Hartmut Warkuss, e sem assentos.

Luiz Alberto Veiga, ex-chefe de design da Volkswagen do Brasil, esteve na Alemanha para desenvolver uma nova família Gol e lembra-se de ter visto o protótipo.

“Foi feito sob o capô e parecia um Mercedes-Benz com quatro luzes redondas”, disse o designer em entrevista à Carros carros em maio deste ano.

Relatórios do site “Entusiastas de comer”, Veiga lembra que o veículo será apresentado em Wolfsburg, em uma reunião secreta realizada com os membros do conselho. A reunião, no entanto, nunca ocorreu, pois Warkuss ordenou o cancelamento assim que soube de sua realização – e desobediência.

O chefe de design pediu à Veiga que desenvolvesse outra proposta para a Voyage. Na mesma época, Warkuss marcou uma reunião com Winkler para discutir o protótipo. No final de um encontro tenso, o alemão ordenou que um Winkler zangado esperasse.

Momentos de tensão

Veiga teve que explicar a López por que a viagem “dele” não aprovaria a sede.

Insatisfeito com o que ouviu, o espanhol saiu da sala revoltado, enquanto Warkuss pediu ao brasileiro que completasse sua proposta.

López prometeu conversar com (Ferdinand) Piëch, o que Warkuss havia feito antes.

Foi realizada uma nova reunião em que Warkuss, López e o próprio Ferdinand Piëch estavam presentes. Após uma breve análise, o grande chefe deu luz verde à nova proposta que assinou Warkuß e Veiga – que abre este artigo.

O fim da “bola” da Voyage – ou não

VW Voyage G5 - Divulgação - Divulgação

Voyage não voltou ao mercado até 2008

Imagem: Detecção

Apenas o espanhol não desistiu. Logo depois, López ordenou o cancelamento da viagem e foi escolhido um substituto.

“Foi uma briga entre meu chefe (Warkussa) contra López e a Alemanha. Isso o deixou muito zangado (López), então ele decidiu começar o Polo Classic no Brasil”, lembra Veiga.

Embora ele não pudesse interferir nas decisões de projeto, os espanhóis tinham total autonomia de decisão na América Latina. E assim a “bola” da Voyage nunca existiu.

Ou quase assim: diz-se que o protótipo do sedan nunca foi destruído, como foi solicitado. Além disso, ainda existiria hoje.

Foi o que disse o jornalista Thiago Moreno, que viu fotos do suposto veículo durante uma conversa informal com um funcionário da Volkswagen. O vídeo está ativado Canal “Eu Falo de Carro”.

De qualquer forma, não há registro oficial deste carro.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero