Os CTT formaram uma joint venture com um grupo chinês para administrar armários. O investimento estimado é de oito milhões – Empresas

Os CTT – Os Correios de Portugal assinaram um acordo de parceria com a YunExpress, do grupo chinês Zongteng Group, para a criação de uma “joint-venture” para gerir uma rede de cacifos para recepção de encomendas na Península Ibérica, disse esta segunda-feira. a feira da operadora postal em liberar.

Os CTT deterão 66% do capital da nova empresa, cabendo à YunExpress os restantes 34%, que visa criar uma “rede líder de cacifos de e-commerce em Portugal, que estará aberta a qualquer operador”.

A empresa comandada por João Bento (na foto) pretende fechar o próximo ano com mil armários instalados.

O negócio, indica ainda o comunicado, representa “um investimento conjunto de cerca de oito milhões de euros em três anos”.

“A rede de cacifos terá também o apoio de um conjunto de diversos fornecedores nacionais, desde metal-mecânica a software, o que vai permitir uma maior autonomia e agilidade tecnológica. Sendo uma solução de enorme comodidade tanto para quem compra como para quem vende online, a os cacifos complementam também a rede de pontos de entrega dos CTT, com uma solução inovadora, que reforça o posicionamento diferenciado dos CTT na cadeia de valor do e-commerce e reforça a ligação estreita dos CTT com os seus clientes ”, conclui o documento.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero