Sharon Stone está aprendendo a criar uma “sala de pânico” em meio a protestos americanos

Enquanto os Estados Unidos experimentam uma onda de protestos após a morte de George Floyd, Sharon Stone postou um vídeo pedindo às pessoas para não exagerarem e ensinando-as a construir uma “sala de pânico”.

Na postagem de ontem no Instagram, a atriz disse: “Se você está em algum lugar e se sente inseguro em casa, eu gostaria de fazer isso. Vamos criar esse espaço seguro para você”.

Voltando ao vídeo, Stone diz que o lugar mais seguro da casa é o banheiro e que as pessoas devem se trancar na sala com cobertores, água e outras coisas necessárias.

“Faça isso. Torne-o um lugar seguro para si mesmo. Não entre em pânico. E se você pensa que está em pânico, tome qualquer remédio contra pânico. Apenas prepare este lugar para você e sua família, ok? Fique seguro, não exagere”, acrescentou. é.

Em outra publicação, a atriz afirmou que “todas as vidas importam, não apenas os negros” e chamou a morte de Floyd de uma “infeliz coincidência”. “Esta é uma situação muito triste, mas não é assassinato racista! As pessoas precisam se controlar”, escreveu ele.

George Floyd, 40, morreu em 25 de maio depois que ele morreu imobilizado com um joelho no pescoço durante uma abordagem policial violenta na cidade de Minneapolis, no estado americano de Minnesota. O momento do vídeo causou confusão e culminou em numerosos protestos nos Estados Unidos nos últimos dias.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero