Novembro 28, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

Trump ordena retirada parcial das tropas dos EUA no Afeganistão e no Iraque

O governo de Donald Trump planeja cortar pela metade o número de soldados americanos no Afeganistão até 15 de janeiro de 2021, disse uma autoridade americana citada pela Associated Press (AP) na segunda-feira.

A ordem fica aquém da meta do presidente Donald Trump, que deve renunciar no dia 20 de janeiro após as recentes eleições presidenciais, quando já havia admitido a retirada total das tropas até o final de 2020, posição que enfrentou oposição de militares e conselheiros diplomáticos. .

O Pentágono também planeja cortar o número de soldados americanos no Iraque para 2.500, uma redução de mais de 500 soldados. As decisões não foram nenhuma surpresa, seguindo as mudanças de Trump na liderança do Pentágono na semana passada, quando ele promoveu pessoas de confiança que compartilham sua frustração com a presença militar contínua em zonas de guerra.

.js">

Esses cortes são um sucesso para Trump em suas últimas semanas no poder, apesar de continuar se recusando a reconhecer sua derrota na eleição presidencial de novembro contra o democrata Joe Biden.

O responsável indicou que os chefes militares foram informados durante o fim-de-semana sobre o planeamento das retiradas e está a ser elaborada uma ordem executiva que ainda não foi entregue aos comandos.

O responsável oficial pediu anonimato por se tratar de deliberações internas. Os Estados Unidos mantêm atualmente entre 4.500 e 5.000 soldados no Afeganistão e mais de 3.000 no Iraque.

De acordo com o despacho, a redução do efetivo será concluída apenas cinco antes de Biden assumir a presidência, cerimônia marcada para 20 de janeiro, que lhe transmitirá uma pequena presença militar em duas zonas de guerra decisivas.