Veteranos terminam rapidamente no UFC Las Vegas e respiram tranquilamente novamente – 20.06.2020

O mapa preliminar do UFC em Las Vegas, evento realizado neste sábado (20), teve dois resultados que poderiam muito facilmente ser tratados como um ponto de virada em suas carreiras. Tecia Torres e Bobby Green fizeram as pazes com uma vitória e terminaram um post que colocou suas carreiras em situações perigosas.

Depois de perder quatro lutas seguidas, a mais fraca (52kg) Tecia sofreu a força de Brianna Van Buren no primeiro round e parecia quase voltar a deixar o octógono sem levantar a mão. No entanto, sua aptidão e experiência entraram em jogo e ela conseguiu gerenciar tentativas repetidas de queda para escapar e garantiu uma vantagem na luta em pé.

Ao final de três rodadas, o americano foi declarado vencedor e mostrou shorts personalizados com uma bandeira nas cores do arco-íris, em apoio aos propósitos LGBT. A ideia de fazer a peça veio da própria atleta, e o UFC imediatamente participou – outros atletas do card também usaram o modelo como forma de apoio.

Entre os pesos leves (70 kg), Bobby Green derrotou Clay Guido e deu vida novamente à organização. Em uma fase ruim desde 2014, o atleta venceu apenas uma disputa entre as últimas sete participações no octógono. Assim, o triunfo com uma decisão unânime contra um oponente experiente garantiu sua sobrevivência no maior show de MMA do planeta.

Confira os resultados do UFC em Las Vegas:

Bobby Green venceu Clay Guido por decisão unânime;
Tecia Torres venceu Brianna Van Buren por decisão unânime;
Marc-André Barriault nocauteou Oscar Piechot na 2ª rodada;
Gillian Robertson entregou Cortney Casey na terceira rodada;
Justin Jaynes nocauteou Frank Camach no primeiro round;
Lauren Murphy derrotou Roxanne Modafferi por decisão unânime;
Austin Hubbard derrotou Max Rohskopf puxando na 2ª rodada.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero