A operação termina com uma festa secreta com quase mil pessoas em Sorocaba 11/11/2020 – São Paulo

Após uma denúncia do Ministério Público Estadual, a Polícia Militar, a GCM (Guarda Civil Metropolitana) e a Prefeitura de Sorocaba realizaram uma ação conjunta por volta das 11 horas da manhã de quarta-feira para encerrar uma festa ilegal em uma fazenda ao norte da cidade.

Segundo o GCM, aproximadamente 1.000 adolescentes e jovens estavam no local e não usavam máscaras protetoras.

Com a chegada das equipes, alguns participantes do partido fugiram pela floresta perto da fazenda. Um garoto de 23 anos, que se apresentou como um dos organizadores, foi levado à delegacia por desrespeitar a quarentena e o isolamento social, o que põe em risco a saúde pública. Ele foi multado pelo crime de desobediência, exceto que a cidade o multou em US $ 6.000 por realizar um evento irregular.

Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas. Com eles, foram apreendidos 20 litros de perfume. A polícia também apreendeu grandes quantidades de bebidas alcoólicas no local.

Segundo o chefe do Departamento de Comunicações da Guarda Civil Metropolitana de Sorocaba, GCM Ricardo Augusto Armenio, há muitas reclamações sobre partes secretas durante esse período de quarentena.

“Serrar acontece principalmente nos finais de semana. Desta vez, a festa aconteceu no meio da semana por causa dos feriados. A grande maioria, cerca de 80%, ocorre em bairros na parte norte da cidade ”, explica GCM Armênio.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero