A persuasão de Witzel: Aller vai ao STF contra a decisão de cancelar a comissão – 28.07.2020

Aller (Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro) decidiu recorrer da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que dissolveu a comissão que analisou o impeachment de Wilson Witzel (PSC). O deputado Rodrigo Bacellar (Solidariedade), relator da antiga Comissão de Processamento, disse que Aller deve recorrer até o final desta semana para manter a formação antiga.

“Se avançarmos na modificação da comissão, admitiremos que cometemos um ato que é prejudicial a uma disposição legal, e esse não foi o caso”, disse Rodrigo Bacellar.

A ação da defesa de Witzel alegou que o andamento do caso continha “vícios” e que a formação da comissão “foi iniciada sem votação, há 25 membros da Aller [ao invés de 18], não respeitou a proporcionalidade [por partido], nem deu a opinião inicial necessária “.

Aller alegará que o rito estabelecido pela Lei 1079/50 é respeitado, com a representação de todas as partes em uma comissão especial que analisa a demissão e a garantia de ampla defesa do governador.

“Decidimos apelar porque estamos em desacordo técnico com a decisão do ministro [Dias Toffoli, presidente do STF]”Não estamos nos rebelando”, explicou Bacellar.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

TURNOZERO.COM PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Turno Zero