A persuasão de Witzel: Aller vai ao STF contra a decisão de cancelar a comissão – 28.07.2020

Aller (Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro) decidiu recorrer da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que dissolveu a comissão que analisou o impeachment de Wilson Witzel (PSC). O deputado Rodrigo Bacellar (Solidariedade), relator da antiga Comissão de Processamento, disse que Aller deve recorrer até o final desta semana para manter a formação antiga.

“Se avançarmos na modificação da comissão, admitiremos que cometemos um ato que é prejudicial a uma disposição legal, e esse não foi o caso”, disse Rodrigo Bacellar.

A ação da defesa de Witzel alegou que o andamento do caso continha “vícios” e que a formação da comissão “foi iniciada sem votação, há 25 membros da Aller [ao invés de 18], não respeitou a proporcionalidade [por partido], nem deu a opinião inicial necessária “.

Aller alegará que o rito estabelecido pela Lei 1079/50 é respeitado, com a representação de todas as partes em uma comissão especial que analisa a demissão e a garantia de ampla defesa do governador.

“Decidimos apelar porque estamos em desacordo técnico com a decisão do ministro [Dias Toffoli, presidente do STF]”Não estamos nos rebelando”, explicou Bacellar.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero