Turno Zero

Notícias Completas mundo

Agência brasileira anuncia análise da vacina chinesa Coronavac

UMA Agência Nacional de Relógiosncia Saúde (Anvisa), órgão órgão regulador e de controle sanitário do Brasil, anunciou que recebeu para análise o primeiro pacote de dados de vacinas, que também está sendo desenvolvido pelo Instituto Butantan, importante organização científica ligada ao estado de São Paulo.

“A revisão destes dados é possível devido à implementação do procedimento de submissão contínua, que permite consultar os documentos à medida que vão sendo disponibilizados. Isto não significa, no entanto, um pedido oficial de registo da vacina”, frisou o Anvisa em um comunicado.

UMA Coronavac assim, junta-se à vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em colaboração com a Universidade de Oxford, que já está em análise no Anvisa desde quinta.

“Agora, a Agência já possui os primeiros dados sobre duas vacinas. É importante destacar que, no momento, não há nenhuma conclusão sobre a qualidade, segurança e eficácia de nenhuma das duas vacinas, que continuam em conformidade com a terceira estágio de teste. o teste contínuo é um procedimento diferenciado para agilizar a análise dos dados relacionados às vacinas contra covid-19 a ser registrado no país “, acrescentou o órgão regulador.

Na quarta-feira, o governador de São Paulo, estado mais brasileiro afetado através de covid-19, assinou contrato para receber 46 milhões de doses da vacina Coronavac e que você quer Apliquepara a população de 15 dezembro.

O negócio por 46 milhões de vacinas contra o novo coronavírus, o equivalente a toda a população do estado, foi assinado pelo governador do estado, João Doria, pele diretor do instituto Butantan, Dimas Covas, e o vice-presidente mundial da Sinovac, Pouco Meng.

No valor de 90 milhões de dólares (76,8 milhões de euros,corrida atual), o contrato também formaliza a transferência de tecnologia para produção de vacinas pelo Instituto Butantan.

John Doria espera que, uma vez aprovada pelas autoridades sanitárias brasileiras, a campanha de vacinação comece no dia 15 dezembro, sendo os profissionais de saúde paulistas os primeiros a serem imunizados.

.js">

Segundo o executivo paulista, a segurança do imunizante já foi comprovada em investigação com mais de 50 mil voluntários na China.

A vacina também está sendo testada no Brasil desde Julho e, atualmente, os estudos clínicos da última fase são acompanhados por 12 centros de pesquisa científica em cinco estados brasileiros e no Distrito Federal.

A diretor do instituto Butatan informou que sete mil dos 13 mil voluntários programados para esta terceira e última fase dos testes já receberam a vacina, que continuará no Brasil até Outubro.

São Paulo, o estado mais rico e populoso do país, com cerca de 46 milhões de habitantes, mas também foco de pandemia em território brasileiro, ultrapassou a Itália nesta sexta-feira no número total de mortes devido ao novo coronavírus.

No total, São Paulo concentra 997.333 casos de infecção e 35.956 mortes.

Brasil é o país lusófono Mais afetado através de pandemia e uma das mais atingidas do mundo, ao contabilizar o segundo número de óbitos (quase 4,9 milhões de casos e 145.388 Mortes), depois dos Estados Unidos.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site escolhido pelo quarto ano consecutivo Consumer Choice.
Baixe nosso aplicativo gratuito.


Download do Google Play

Carlos Eduardo

"Fã de música. Geek de cerveja. Amante da web. Cai muito. Nerd de café. Viciado em viagens."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post Empréstimos hipotecários. Os spreads abaixo de 1% são uma boa oportunidade?
Next Post Você precisa de estacionamento no final da viagem? Waze tem a solução para você