Artistas negros pedem que Hollywood prove ‘Black Lives Matter’ – 23.06.2020

Mais de 300 atores e cineastas negros, incluindo Idris Elba, rainha de Latifah e Billy Porter, pediram hoje a Hollywood que pare de investir recursos na polícia dos EUA e investir em conteúdo anti-racista.

Uma carta aberta endereçada a “Nossos Aliados de Hollywood” atacou o que ele chamou de “legado da supremacia branca” na indústria e diz que Hollywood está “fomentando uma epidemia de violência policial e cultura anti-negra”.

A carta, organizada pelo grupo de Hollywood 4 Black Lives, foi escrita em meio a um processo de reconhecimento político e cultural do racismo sistêmico nos Estados Unidos e protestos em massa pelo assassinato de negros pela polícia.

Requisitos específicos exigem a interrupção do recrutamento policial nas filmagens e a pressão das autoridades da cidade de Los Angeles para reduzir o orçamento da polícia.

A carta pedia que a indústria do cinema e da televisão “acabasse com a glorificação deliberada da brutalidade policial e da corrupção nas histórias”, e os estudos empregam mais negros com poderes executivos, orçamentários e de tomada de decisão.

Programas policiais que aparecem há décadas, como “Policiais” e “Live PD”, foram cancelados no início deste mês.

Várias celebridades, incluindo os apresentadores Jimmy Kimmel e Jimmy Fallon e a criadora da série “30 Rock”, Tina Fey, pediram desculpas publicamente por fazerem uma “cara negra” no passado.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

TURNOZERO.COM PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Turno Zero