Coronavírus cria disputa entre gigantes com detergente para a roupa – 06/08/2020 – Painel S.A.

O coronavírus desencadeou uma luta corpo a corpo entre dois grandes nomes da indústria de roupas. A Unilever, dona da marca Omo, foi ao tribunal pedir à Química Amparo, fabricante da Tixan-Ypê, que suspendesse a venda de uma linha de produtos que promete matar o vírus.

A embalagem que incomodou as multinacionais não menciona diretamente o nome do coronavírus, mas a ilustração da embalagem refere-se ao agente causal Covid-19 e carrega uma mensagem dizendo que o sabão pode destruir a camada externa de gordura.

Segundo a Unilever no processo, o caso provoca um “cavalo para competir” no momento em que os consumidores estão em alerta devido a uma pandemia.

A disputa também terminou na Conar (agência reguladora de publicidade), que afirma que um processo relacionado a marcas comerciais está em andamento, mas não comenta o caso. Olhando para a coluna, Ypê declara que “fornece todos os esclarecimentos solicitados pelo Conar”.

COM Filipe Oliveira e Mariana Grazini

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero