Novembro 25, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

Idoso morre atacado por hienas no Zimbábue. Animais o arrastaram da cama

vocêm idoso, de 87 anos, foi morto por uma matilha de hienas, depois que o retiraram da cama, enquanto dormia, em sua cabana de barro e madeira, localizada em ChirumanzuNo centro de Zimbábue.

Fale para CNN que o homem, identificado pelas autoridades locais como Tendai Maseka, foi arrastado pelos animais por cerca de 300 metros. O corpo foi encontrado por vizinhos algumas horas depois, sem pernas.

O caso aconteceu na noite de segunda-feira. De acordo com o porta-voz dos Parques e Vida Selvagem da Zimbábuedesde aquele dia, guardas florestais tentaram “eliminar” as hienas que mataram o velho.

Acredita-se que a mesma matilha, composta por mais de seis hienas, tenha sido responsável por uma série de recentes ataques ao gado.

As autoridades já alertaram os moradores da região sobre o perigo de novos ataques. Os moradores devem manter todas as portas e janelas fechadas à noite até que os animais sejam capturados.

Ainda de acordo Tinashe Farowo, não é incomum esses ataques acontecem durante esta época do ano, no Zimbábue, onde é o verão. “Esses ataques acontecem, normalmente, neste Tempo porque são os meses mais secos, durante os quais faltam alimentos e Água. Animais vêm para viajar longas distânciasnces e entrar nas comunidades em busca de alimentos ”, explicou o porta-voz, garantindo que isso também se deve ao superpopulação de hienas.

.js">

Esta é a 60ª vida humana perdida este ano devido a ataques de animais selvagens no Zimbábue. Metade dos incidentes envolveu elefantes e três deles leões.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site escolhido pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Baixe nosso aplicativo gratuito.


Download do Google Play