Mamilos e desculpas: Joel Schumacher fez história com o controverso Batman – 22/06/2020

Amado ou odiado, não importa. “Batman Eternamente” e “Batman & Robin”, dois filmes de Batman feitos por Joel Schumacher, giram e se movem sob os nomes “assustador” e “pegajoso”. Mas eles permanecerão para sempre na cultura pop como um dos legados do cineasta, que morreu nesta segunda-feira, aos 80 anos, depois de combater o câncer.

Uma sequência de “Batman: O Retorno” (1992), os filmes de Schumacher são coloridos e altos, o oposto total da estética sombria que seria escrita na trilogia de Christopher Nolan, que começou com “Batman Begins” (2005), e até contada pelo cineasta.

Aqui estão algumas coisas interessantes sobre os filmes:

O diretor quase não queria fazer isso

Schumacher não estava exatamente empolgado quando lhe pediram Tim Burton para assumir a franquia. Isso ocorre porque “Batman: O Retorno” foi bem recebido pelos críticos, mas também foi alvo de indignação de vários espectadores que criticaram a violência e as referências sexuais do filme.

Tim, que é um bom amigo meu, então me implorou para continuar com a franquia. Por causa da pressão e pronto para sair. O que é interessante para mim é que, se você vê a versão de Tim e a minha, percebe como os espectadores eram inocentes na época.
Joel Schumacher, em entrevista ao ‘Vice’, 2017.

De Keaton a George Clooney

Muito antes de Ben Affleck deixar o papel de Batman para Robert Pattinson, Schumacher dirigiu dois atores: Val Kilmer e George Clooney.

Inicialmente, a idéia era Michael Keaton retornar como Bruce Wayne, mas o ator saltou porque discordou da direção liderada pela produção de “Batman Forever”. Val Kilmer então assumiu o papel, nem mesmo lendo o roteiro.

Val Kilmer (COM)
Imagem: Reprodução

O ator, no entanto, decidiu não continuar a sequência, relembrando uma visita ao set preparada pelo magnata Warren Buffet e seus netos. Segundo o New York Times, as crianças estavam mais interessadas em Batmóvel do que ele.

É por isso que é tão fácil ter cinco ou seis Batmans. Não é sobre Batman. No Batman

Quem foi escolhido para substituí-lo foi Clooney, que teve sucesso na TV como protagonista de “E.R.”

George Clooney -
Imagem: Reprodução

Verrugas controversas

Ao longo da história das fantasias de super-heróis do cinema, não há nada mais controverso do que o uniforme do mamilo de Batman.

Em 2017, o cineasta finalmente explicou como os mamilos chegaram lá: antes de começar a filmar “Batman Forever”, ele pediu a Bob Ringwood, o artista responsável pela criação do uniforme, para torná-los anatômicos.

Dei-lhe fotos de estátuas gregas e incríveis desenhos anatômicos de livros de medicina. Ele fez mamilos e quando eu vi, achei que ele parecia legal.

Quem nunca, certo?

desculpa

No 20º aniversário de “Batman e Robin”, Schumacher pediu desculpas pelo filme – e lembrou como ele o fazia parecer um “matador de bebês” na época.

Eu queria me desculpar com todos os fãs que estavam tristes ou decepcionados. Eu devo isso a mim mesma, porque eu era o único que queria fazer uma sequência, enquanto a Warner não estava confiante

Tudo bem, Joel! Obrigado por tudo!

Alice Silverstone, George Clooney e Chris O'Donnell entraram

Alice Silverstone, George Clooney e Chris O’Donnell em ‘Batman e Robin’

Imagem: Detecção

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

TURNOZERO.COM PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
Turno Zero