Motoboja igra ajuda a arrecadar doações para 2 mil famílias – 26.05.2020

O Dia do Orgulho Nerd, comemorado na última segunda-feira (25), foi a ocasião ideal para lançar uma maneira bonita e criativa de se espalhar: brincar Sobreviver à coroa.

Criado por Andreza Delgado, um dos fundadores da Perifacon, e designer e desenvolvedor Rafael Braga, o jogo dá visibilidade ao projeto homônimo e possui um QR para doações diretas, exceto que, segundo os criadores, “presta homenagem aos motociclistas que trabalham duro durante o isolamento social causado pela covid-19 “

Andreza Delgado:

Andreza Delgado: “Tentamos servir aqueles a quem as ONGs não podem ajudar”

Imagem: Arquivo pessoal

A forma de publicação, no entanto, não é a coisa original do projetoAparentemente a mesma para muitos, a iniciativa que compra e distribui cestas básicas, kits de higiene e livros / histórias em quadrinhos para famílias nos arredores de São Paulo tem uma diferença importante no foco em lugares e pessoas onde a ajuda não chega, em um programa organizado capaz de atender requisitos nominais.

Aborrecido com o desaparecimento em certas áreas da cidade de São Paulo – onde até a cobertura emergencial de ONGs e coletivos é precária e não há associação de moradores – o criador de conteúdo de 24 anos chamou amigos e seguidores de suas redes. Recebeu 30 voluntários que trabalharam em diferentes áreas do projeto.

Desenvolvedor Rafael Braga, co-criador do jogo que publica o projeto de doação - Arquivo Pessoal

Desenvolvedor Rafael Braga, co-criador do jogo anunciando o projeto de doação

Imagem: Arquivo pessoal

Organizada em um sistema de carona – qualquer pessoa com um carro pode fazer o check-in e fazer o percurso – a Surviving Corona pode trabalhar dispersa e com precisão em toda a cidade sem se concentrar em regiões específicas. Isso permite ajuda individual às famílias inscritas, pessoas que geralmente são deixadas de fora das lojas organizadas porque a logística dificulta sua ajuda.

Tentamos servir aqueles que não podem ser ajudados por ONGs. A cidade de São Paulo é enorme, e o trabalho tão necessário e importante das ONGs não serve a todos. Não nos denominamos organizações não-governamentais, somos apenas um grupo de amigos. A idéia é ser uma ajuda extra para as pessoas que já estão fazendo esse trabalho maravilhoso

Andreza Delgado, co-criador do jogo

Desde o final de março, o projeto atendeu mais de 1.000 famílias cadastradas na primeira fase; e estão na fase de coleta e distribuição de doações para mais de 1.000 cadastradas na segunda vaga. “Todo registro, de fato, serve para muitas pessoas. Às vezes é uma família, outras é uma ocupação.” A idéia é que, uma vez atendidos esses requisitos, o grupo abra a terceira fase do registro.

Para saber mais, doe ou inscreva-se para um passeio gratuito, clique aqui: https://linktr.ee/sobrevivendo_ao_corona

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

Turno Zero