Janeiro 26, 2021

Turno Zero

Notícias Completas mundo

‘Star Wars’ receberá um prêmio Emmy que não ganhou no Oscar? – 28.07.2020

Não está no Brasil: 5 séries que ainda não chegaram aqui (mas queremos ver!) - 30.06.2020

Neste Emmy de 2020, não houve surpresa maior do que ser indicado para “The Mandalorian”, uma série que revelou nosso querido Baby Yoda ao mundo. Afinal, a série espacial ‘Guerra nas Estrelas’ não se encaixa nos estereótipos dos grandes dramas que a Academia de Televisão gosta de recompensar.

Isto é uma coisa boa. Por fim, é um sinal de que o prêmio anula o preconceito e se abre para outras histórias – assim como aconteceu com “Game of Thrones” e sua fantasia nos últimos anos.

E o bom é a franquia ‘Star Wars’, que, vamos ser sinceros, não chegou na hora certa nos cinemas.

“Solo” foi um filme medíocre que não conseguiu despertar até os fãs mais fervorosos; “The Ascension Skywalker” deu um final amargo à saga e foi fortemente criticado (por um bom motivo); David Benioff e D.B. Weiss, os criadores de “Game of Thrones”, pretendiam fazer uma trilogia, mas abandonaram o projeto; e, neste ponto, ainda é um mistério se e quando a trilogia a ser dirigida por Rian Johnson (de “Os Últimos Jedi”) vai seguir em frente.

O “Mandaloriano” foi um grande suspiro no meio. A história de Mandalorian (Pedro Pascal), que ficou encarregado de acompanhar a pequena criatura verde, é uma das melhores coisas que apareceram na televisão no ano passado (ou no streaming, neste caso, já que a série é da Disney +) e mostraram que o universo “Guerra nas Estrelas” tem muitas outras histórias interessantes além do gênero Skywalker.

A indicação ao Emmy é a coroa e, quem sabe, eles mostram que a franquia pode receber o reconhecimento que nunca recebeu no Oscar.

No Grand Cinema Award, apenas “Uma Nova Esperança” foi indicada ao prêmio de melhor filme e melhor diretor e roteiro original, por Georg Lucas. Ao todo, o episódio IV competiu em onze categorias e venceu em sete, todas as técnicas – o que já é um ótimo resultado.

Depois disso, no entanto, a franquia teve poucas informações sobre o Oscar, aparecendo em categorias técnicas como edição de som e efeitos especiais – todos os filmes de Guerra nas Estrelas competiram nela, exceto “Sith Revenge”.

Ninguém está dizendo aqui que um prêmio ou indicação é equivalente a qualidade (a vitória de Crash como melhor filme no Oscar de 2005 é algo incompreensível até hoje). E “Guerra nas Estrelas”, sabemos bem, eles nunca precisaram se tornar a força que é na cultura pop.

Mas os prêmios ainda são uma grande confirmação da validade da indústria, e a indicação ao Emmy de “Mandalorian” aponta que a LucasFilm está indo na direção certa em busca de novos formatos e novas histórias. Se o encanto vai continuar, ainda está para ser visto na segunda temporada.

(Mas se depender de Baby Yoda, já estamos!)

Quer saber mais sobre o Emmy?

Aqui listamos as maiores fotos do prêmio e explicamos por que o Emmy levou tempo para criar uma categoria para séries internacionais.