Viagem a Goiás e crítica no Twitter: como foi no sábado Jair Bolsonara – 30.05.2020

O dia do presidente Jair Bolsonar (sem partido) apresentou críticas às instituições brasileiras no Twitter e uma viagem ao estado de Goiás, onde provocou aglomerações e se comunicou com os apoiadores sem usar máscara.

Lanchonete e foto com bebê

De manhã, o presidente voou de helicóptero para a cidade de Abadiânia (GO), cidade próxima a Brasília. Ele foi acompanhado por aliados, incluindo o vice-major Vitor Hugo (PSL-GO), o primeiro-ministro da Câmara e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Bolsonaro conversou com as pessoas nas ruas, parou para tirar fotos e comeu na cafeteria. Ele não usava máscara ao cumprimentar os apoiadores e até usava uma criança que pedia para ser fotografada com ele.

O presidente ignorou as instruções das autoridades de saúde contra as aglomerações para impedir a transferência da nova coronavírus, bem como o uso constante da máscara.

Contra o tráfico de pessoas

Na sua página em FacebookBolsonaro também divulgou um vídeo em que visita o Comando das Forças Especiais do Exército de Goiânia nesta manhã. Na foto, o Presidente aparece sem máscara e usa um chapéu, pouco antes de entrar em um dos carros oficiais da Presidência.

Bolsonaro também se encontrou com uma via da polícia federal em uma operação para combater o narcotráfico nas rodovias federais. Como nos programas anteriores, o presidente se permitiu ser fotografado sem máscara conversando com agentes, que também não usavam proteção. A reunião foi publicada no perfil da PRF (Polícia Rodoviária Federal) no Twitter.

Revisões de mídia social

O presidente voltou hoje para postar em suas redes sociais um vídeo com trecho de um discurso do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, no qual o ministro fala sobre liberdade. Bolsonaro critica Moraes desde a realização de uma operação policial na quarta-feira passada, que atingiu alguns de seus apoiadores, dizendo que o ato viola a “liberdade de expressão”.

A operação foi lançada na chamada investigação de notícias falsas, liderada por Moraes no STF, para investigar ataques e insultos contra ministros de tribunais, como financiar a disseminação de notícias falsas.

No final da tarde, o presidente escreveu em suas mídias sociais que “tudo aponta para uma crise”, enumerando uma análise das notícias da imprensa sobre o movimento do judiciário e o Tribunal de Contas da União sobre seu governo.

“Manchetes de jornais com sotaques diferentes, decisões envolvendo ações do Supremo Tribunal Federal, da Polícia Federal, do Tribunal de Contas Federal e do Supremo Tribunal Eleitoral contra o governo Bolsonaro e seus aliados”, afirmou o presidente em comunicado.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply


Copyright © turnozero.com.
turnozero.com is a participant in the Amazon Services LLC Associates Program, an affiliate advertising program designed to provide a means for sites to earn advertising fees by advertising and linking to Amazon.com.br. Amazon, the Amazon logo, AmazonSupply, and the AmazonSupply logo are trademarks of Amazon.com, Inc. or its affiliates.
….
Turno Zero