Novembro 30, 2020

Turno Zero

Notícias Completas mundo

“Odiava trabalhar com Joana Latino”

Tempo de vida

O apresentador da TVI afirma não ter gostado da atuação do ex-colega no programa Tapete Vermelho da SIC.

Cláudio Ramos fez declarações polémicas sobre a apresentadora Joana Latino, com quem trabalhou durante o programa Passadeira Vermelha da SIC, e disse que odiava a actuação do ex-colega no programa, no RFM À Cara Podre.

.js">

“Odiava trabalhar com a Joana Latino. Eu achei isso um horror. Nossas formas não combinavam. […] Eu pessoalmente não me identifiquei com ela, com sua forma de trabalhar. Sempre respeitei o espaço dela, ela sempre respeitou o meu, mas não adorei trabalhar com ela ”, disse o apresentador da TVI.

Cláudio Ramos fez outras confissões durante o programa. Para o apresentador, os piores colegas de trabalho que teve até à data foram aqueles que estiveram com ele no programa Noites Marcianas, que foi ao ar em 2001. “Foram péssimos, excepto Jorge Mourato e Susana Cacela, que eram uns amores. Todo mundo foi terrível para mim. Foram colegas muito ruins, me receberam muito mal ”, disse.

Recorde-se que para além de Cláudio Ramos, Jorge Mourato e Susana Cacela, fizeram parte do painel de comentadores outras caras conhecidas, como Helena Sacadura Cabral, Margarida Rebelo Pinto, Luís Rebelo, Rita Blanco e Tino de Rans.